"Ser Catequista é entregar-se totalmente a Deus como instrumento de serviço na evangelização."

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Onde está a fila pra ver Jesus???

Uma das músicas mais linda que
 já ouvi sobre o Natal!
Uma pergunta que hoje devemos nos fazer : 
Onde está a fila para ver o Salvador???
Liiinda música!!!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Uma Árvore de Natal que dedico a todos meus amigos

Meus queridos amigos, nesta árvore está um pouquinho 
de tudo aquilo que
 desejo a vocês neste natal e neste Novo Ano que está por vir!



 União
Alegrias
Esperanças
Amor 
- Sucesso
Realizações Luz
Respeito - Harmonia
 Saúde - Solidariedade 
 Felicidade -  Humildade 
 Confraternização -Pureza 
 Amizade - Sabedoria -Perdão 
 Igualdade  - Liberdade- Boa - Sorte 
 Sinceridade Paz- Paz Fraternidade 
 Equilíbrio- Dignidade - Benevolência 
     -Bondade-Paciência-Gratidão -Força 
 JESUS    JESUS     JESUS 




sábado, 17 de dezembro de 2011

Minha árvore

Uma belíssima Mensagem de Natal!
Contribuição da minha querida amiga Gislaine.

Eu quero Senhor, neste Natal, armar uma árvore dentro do meu coração...
E nela, pendurar em vez de presentes, os nomes dos meus amigos.
Os amigos de longe..
Os amigos que estão perto...
Os antigos e os recentes...
Os que vejo a cada dia
E os que ficam esquecidos...
Os das horas difíceis
E os das horas alegres...
Os que sem querer eu magoei
Ou sem querer me magoaram...
Aqueles a quem me são conhecidos apenas as aparências...
Os que pouco me devem
e aqueles a quem devo muito...
Meus amigos humildes e os amigos importantes...
Os nomes de todos que já passaram pela minha vida
Os que me admiram e me estimam sem eu saber...
E os que amo e estimo sem lhes dar a entender...
Eu quero Senhor, neste Natal,
Armar uma árvore de raízes muito profundas
Para que seus nomes nunca mais sejam arrancados da minha vida.
Uma árvore de ramos muito extensos
Para que novos nomes vindos de todas as partes,
Venham juntar-se aos já existentes.
E o mais importante Senhor,
Uma árvore de sombra muito agradável
Para que a nossa amizade seja um momento de repouso
No meio das lutas da vida.

Feliz Natal à todos vocês!!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Capela com o Santissimo

A Samya é uma catequista lá de Fortaleza. 
É uma pessoa super "antenada" com as novidades que 
surgem aqui na internet.
Ela me enviou um link que quero partilhar com vocês.
É simplesmente maravilhoso!
Não deixem de ver!


http://www.atos2.net/capela-rccpe.htm

Aproveite este momento com Jesus!!!

Deus preferiu contar com você.

Um pouco de reflexão para nossa tarde...


Só Deus pode criar.
Mas você pode valorizar o que Ele criou.

Só Deus pode dar a vida.
Mas você pode transmiti-la e respeitá-la.

Só Deus pode dar a fé.
Mas você pode dar o seu testemunho.

Só Deus pode dar a paz.
Mas você pode semear a união.

Só Deus pode dar a força.
Mas você pode apoiar quem desanimou.

Só Deus pode infundir esperança.
Mas você pode restituir a confiança ao irmão.

Só Deus pode dar o amor.
Mas você pode ensinar seu irmão a amar.

Só Deus pode dar a alegria.
Mas você pode sorrir a todos.

Só Deus é o caminho.
Mas você pode indicá-lo aos outros.

Só Deus é a luz.
Mas você pode fazê-la brilhar.

Só Deus é a vida.
Mas você pode dar aos outros a alegria de viver.

Só Deus pode fazer o impossível.
Mas você sempre poderá fazer o que é possível.

Só Deus pode fazer milagres.
Mas você pode fazer sacrifício.

Só Deus pode fazer a semente do bem germinar.
Mas você pode plantá-la no coração humano.

Só Deus se basta a si mesmo.
Mas Ele preferiu contar com você!


quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

ABRE O CORAÇÃO - PENINHA

Para entrar no clima do Natal, esta belíssima música do Peninha!
Vamos, de fato, abrir nossos corações! 
Renovemos nossas esperanças!
É Jesus que vem!
Busquemos as coisas do alto!
Façamos do nosso hoje um dia muito melhor que ontem com o propósito de que amanhã será melhor que hoje.
 Isso se chama esperança.
Isso se chama FÉ.

Feliz Natal a todos!
***********************************************************************************************************************************************
****************************************
********************
************
****

Vê se tira de uma vez toda mágoa do seu coração 
Tá na hora de soltar a criança que existe em você 
Pega o barco da alegria sem medo e navega 
Deixa o teu amor fluir natural 
Porque vale a pena, porque a vida é linda 
Porque é natal 

Você pode se quiser, dividir pra somar com alguém 
Um sorriso, uma palavra de amor não machuca ninguém 
Hoje pode ser um tempo melhor do que ontem 
Basta cada um fazer seu papel e não tem desculpas 
Todo mundo pode ser papai noel 

Vem me dar de presente o teu perdão 
Um abrigo, um abraço, atenção 
Um brinquedo, uma luz, abre o coração 
Um amigo de fé traz o céu pro chão 

Vem se dar sem pensar em receber 
Teu carinho no escuro é um clarão 
Tem alguém precisando de você 
Um feliz natal, vamos dar as mãos 

Selinho

Um carinho especial do amigo Roberto do blog http://catequistaroberto.blogspot.com/

wallp018
Obrigada pelo carinho e vamos juntos celebrar e louvar o Menino Jesus neste Natal do Senhor!

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

A espera de um "presente"...

Senhor, tu sabes o quero de presente neste Natal...
Eu confio e espero em Vós Senhor!
Tua Graça não há de  faltar...
Sei que não mereço...
Mas confio em Tua misericórdia!
Jesus, eu Confio e Espero Em Vós!



A Vela: uma luz – Anselm Grün

A Vela: uma luz
Durante o Advento, gostamos de nos sentar diante de uma vela acesa, procurando encontrar, na sua luz, a paz. As velas, os castiçais, exerceram, desde sempre, sobre os homens uma atracção particular. A sua luz é cheia de doçura. Ao contrário do néon, cuja luz é tão crua, a luz da vela só ilumina o espaço à nossa volta, deixando tudo o resto na penumbra. O seu brilho difunde-se num ameno calor. Não se trata de uma fonte de iluminação artificial que deve expandir-se igualmente sobre todas as coisas. Pelo contrário, a luz da vela possui, na sua essência, as qualidades do mistério, do calor, da ternura. À luz da vela podemos olhar-nos a nós próprios; percebemos então, com um olhar mais doce, a nossa realidade, muitas vezes tão dura. Esta doçura dá-nos coragem para nos vermos tal como somos, e para assim nos apresentarmos diante de Deus. Podemos então aceitar-nos a nós mesmos.
A luz da vela não ilumina apenas, ela também aquece. E, além disso, com o seu calor, traz o amor para o nosso espaço. Preenche o nosso coração com um amor mais profundo e mais misterioso do que o dos seres aos quais nos sentimos unidos: um amor que provém de uma inesgotável fonte divina, um amor que não é frágil como aquele que trocamos entre nós, humanos.
Se deixarmos que essa luz penetre no nosso coração, podemos então sentir-nos plenamente queridos, com um amor que torna tudo, em nós, digno de ser amado.
É, afinal, o amor de Deus que vem até nós nesta luz da vela. A luz nasce da cera que arde: imagem de um amor que se consome. Ela dura enquanto dura a cera, sem pretensões de economia. No entanto, é preciso, por vezes, diminuir a mecha, sem o que a chama pode subir demasiadamente alto e espalhar a fuligem à sua volta. Há também uma forma de amar demasiadamente intensa, na qual nos esgotamos de modo excessivo. Um tal amor não faz bem, nem a nós próprios nem aos outros, que são sensíveis ao que nele há de “fuligem”: as intenções subjacentes, o excesso de vontade, o artifício, tudo o que faz com que esse amor não traga luz aos outros, mas antes obscuridade.
A vela compõe-se de dois elementos. Há em primeiro lugar a chama, símbolo da espiritualidade que se eleva até ao céu. Conta a lenda que a oração dos padres do deserto transformava os seus dedos em chamas de fogo. A vela que arde é pois uma imagem da nossa prece. Assim os peregrinos gostam de acender, uma vez chegados ao fim da sua viagem, um círio que colocam no altar ou diante de uma estátua da Virgem, persuadidos de que a sua oração durará enquanto durar a chama. Esperam deste modo que a oração possa trazer luz às suas vidas e ao coração daqueles por quem acenderam o círio.
O segundo elemento da vela é a cera que se consome. Para a Igreja dos primeiros tempos, a vela, o círio, era, por isso mesmo, um símbolo de Cristo, Deus e homem ao mesmo tempo. A cera é a imagem da sua natureza humana que ele sacrificou por amor a nós, e a chama é a imagem da sua divindade. As velas que acendemos durante o Advento e no Natal lembram-nos assim o mistério da Encarnação de Deus em Jesus Cristo.
Nessa vela, é o próprio Cristo que se torna presente entre nós, e é ele que, com a sua luz, ilumina a nossa casa e o nosso coração, e os aquece com o seu amor. E é precisamente através da sua natureza humana que resplandece a natureza divina de Jesus. A vela mostra-nos pois, também, o mistério da nossa própria encarnação. Através do nosso corpo, é Deus que deseja fazer brilhar a sua luz neste mundo. Desde o nascimento de Jesus que ela brilha em cada rosto humano.
A ti que me lês, desejo que leves a muitos outros seres, durante o Advento, uma luz que ilumine, com doçura, tudo aquilo que eles prefeririam não ver neles próprios. Tornar-te-ás então, para eles, tal como a vela, uma fonte de vida e de amor.
Anselm Grün
Curta Meditação sobre
as Festas de Natal

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

advento.jpg
Preparemos o Caminho. Jesus está chegando!

ADORAÇÃO: momento de entrega e confiança em Deus, nosso único e grande AMIGO

ADORAÇÃO: Para adorar a nosso Deus, o importante é a atitude do coração.
Na adoração nossa mente ocupa-se com aquilo que Deus é e sua natureza, santo, fiel, puro...
Na adoração, diante da santidade de Deus, acabam-se as palavras e temos a oração silenciosa onde nos encontramos exclusivamente com Deus. É quando encontramos a plenitude dentro Dele. É o amor do homem respondendo ao amor do Pai.
É tempo de silenciar nossas vozes e nossos corações para que o menino Deus se faça presente em nossas vidas vidas, em nossos corações, e à Ele rendermos Graças em constante Adoração de amor, de entrega, de confiança. Afinal, Adoração é ter aproximação e contato com Deus, mas sem que esqueçamos de que o adorador não irá a Deus como um pedinte, mas como um amante e admirador.
A hora de Adorar a Deus é agora, não ontem ou amanhã.
Não devemos esperar o domingo ou o Natal para Adorar.
Não precisamos esperar até chegar na igreja
Deus está disponível para nós todo o tempo. Cabe a nós termos docilidade de coração e de alma para que esse contato íntimo com Deus seja transformado em ADORAÇÃO EM ESPÍRITO E VERDADE. 
Quando o nosso relacionamento com Deus é consumado emADORAÇÃO é que nós verdadeiramente sentimos que estamos onde Ele está e Ele está onde nós estamos.

Beijinhos
 Silvanety Martins

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Meu momento MÃE...

Gente amada do meu coração, estou curtindo muuuito minha filhota e logo,logo estarei de volta.
Agora é só momento de SER MÃE!
Agradeço a todos que deixaram manifestações de carinho. 
Obrigada a todos que curtiram e  rezaram por nós duas. Heloísa e eu agradecemos muito.
Beijinhos e abraços com cheirinho de nenê.
Silvanety

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

EU NÃO SOU PERFEITA...


Pai perdoa o meu jeito de achar que sou perfeito 
Vejo erro nas pessoas, e não olho meus defeitos 
Justifico-me com o bem quando o mal eu pratiquei 
No final, eu reconheço quando eu erro outra vez 
Estou sempre declarando: "quero ser como criança" 
Com um coração tão cheio de maldade e de vingança 
Pai, perdoa o meu jeito de achar que sou perfeito 
Sou tão falho pecador detalhado de defeitos... 


Pai, meu Pai, tenho muito que mudar 
Pai, meu Pai, me ajude a melhorar 



Pai, a minha oração pode parecer tão dura 
É que essa realidade no meu peito só machuca 
Não dava pra esperar, amanhã seria tarde 
Te entregar meu coração é minha prioridade 
Me olhando nessa hora ainda não sou perfeito 
Mas eu sinto que me amas, mesmo eu sendo desse jeito 



Obrigado por me ouvir 
Não vou nem me despedir 
Fica aqui dentro de mim 
Para nunca mais sair 


Jesus é o meu, é o seu, é o nosso Salvador.


Hoje acordei pela manhã e fiquei a pensar sobre a minha MISSÃO.
Será que tenho cumprido bem a minha Missão de ser Mãe, esposa, Catequista, Missionária?
E aí fui buscar na internet algo que falasse a respeito e eis que vejo esse vídeo, lindo!
Como não emocionar vendo as lágrimas dessa Cantora tão abençoada como a Adriana?
Como não emocionar vendo todas essas vozes consagradas da música católica num só lugar, numa só emoção, num único objetivo: ANUNCIAR O AMOR DE DEUS a todos os povos?!
Compartilho com vocês para que pensem por um instante sobre a sua MISSÃO.



Você tem anunciado para o mundo ouvir que Jesus é o nosso Salvador?
Beijos

Silvanety Martins

Adriana - Nossa Missão

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Oração




Ó Maria Santíssima, vós, por um privilégio especial de Deus, fostes isenta da mancha do pecado original, e devido a este privilégio não sofrestes os incômodos da maternidade, nem ao tempo gravidez e nem ao parto; mas compreendeis perfeitamente as angústias e aflições das pobres mães que esperam um filho, especialmente nas incertezas do sucesso ou insucesso do parto.

Olhai por mim, vossa serva, que na aproximação do parto, sofro angústias e incertezas.
Dai-me a graça de ter um parto feliz.
Fazei que meu bebê nasça com saúde, forte e perfeito.
Eu vos prometo orientar minha filha sempre pelo caminho que vosso filho, Jesus, traçou para todos os homens o caminho do bem.
Virgem Mãe do Menino Jesus, agora me sinto mais calma e mais tranquila porque já sinto a vossa maternal proteção.
Nossa Senhora do Bom Parto, Rogai por mim!
Amém.





BOA NOITE

" Se você não puder ser uma fonte, seja pelo menos uma gotinha de orvalho que brilha na folha da planta ou na pétala de uma flor, quando despontar o sol no horizonte."
Que seu amanhecer venha transbordando alegria, paz, bençãos e muito amor! 
E não se esqueça: agradeça a Deus sempre pela noite tranquila, pela cama quentinha, pelo sono revigorador e pelo acordar sempre a cada manhã.
Seja feliz!
Boa noite a todos na Paz do Senhor!
Beijos
Silvanety

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Mãe Aparecida...

Mãe Aparecida olhai, cuidai, protegei e defendei minha família , meus amigos e em especial, às crianças do mundo inteiro.
A Ti consagro minha vida e todo o meu ser.
A Ti pertenço.
Obrigada por ter nos dado o Seu Filho JESUS.
Amém.


segunda-feira, 10 de outubro de 2011

MOMENTOS...únicos e especiais...

Olá!!!
Essa lindeza aqui embaixo é a Heloísa Maria!!!
Vejam que ela, mesmo antes de nascer, já faz pose pra foto! Está com a mãozinha no rosto!!!
Não é lindo ver isto?!!
No vídeo ela abre e fecha os olhinhos... Impossível não se emocionar vendo a perfeição da obra de Deus, que nos dá o prazer de ser mãe e o dom de gerar uma vida de forma plena e perfeita!
Esta sou eu... (descabelada rsrs)
Curtindo o "meu" momento com a Heloísa .

 
Aqui foi um carinho que preparei pra Heloísa , para o Chá de Berço que aconteceu ontem e foi maravilhoso!

 


sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Vaticano felicita mulheres que receberam o Nobel da Paz 2011



Após o anúncio das três ganhadoras do prêmio Nobel para a paz, que aconteceu nesta sexta-feira, 07, em Oslo, na Noruega, o Vaticano deu o seu parecer sobre as nomeações. O presidente do Pontifício Conselho para a Justiça e a paz, cardeal Peter Kodwo Appiah Turkson fez uma declaração na qual felicitou as neolaureadas .
“É algo muito encorajante para as mulheres, uma vez que as iniciativas foram reconhecidas em nível mundial; é algo muito positivo e um bom sinal também para as outras mulheres e um bom encorajamento para outras iniciativas”, ressaltou o cardeal.
O prelado, que é africano, chegou a citar que conhece o trabalho da presidente liberiana Ellen Johnson em favor da reconstrução do país após a guerra civil de 1989 a 2003. Citando também as outras laureadas, que além de lutarem pela democracia, lutaram contra toda e qualquer discriminação em relação às mulheres.
Estou feliz que o mundo aprece tais iniciativas. Dou o meu apou também meu apoio à ativista do Yêmen por aquilo que fez. Apreço que a comunidade internacional tenha reconhecido o trabalho destas mulheres, disse.

Fonte: canção nova

O trabalho missionário deve ser cultivado

Quem não planta também não colhe. Os frutos são consequência de um longo e determinado trabalho...

Quem não planta também não colhe. Os frutos são consequência de um longo e determinado trabalho. Exige tempo, critério, fidelidade e insumos para que a produção tenha qualidade e quantidade. É o mesmo que acontece nos planos de Deus.
Imaginando uma videira verdadeira e com produção fecunda! Para isso ela tem que ser bem cuidada e podada no tempo certo. As uvas daí produzidas terão qualidade porque tudo foi bem planejado e trabalhado com responsabilidade pelo seu dono.
O Reino de Deus é a vinha do Senhor. Ela pertence a Ele. Quem não é dono e não cuida como dono, pode agir com infidelidade e com más pretensões. Isso pode acontecer com os missionários mal-intencionados, que em vez de construir, destroem a vinha do Senhor.
Outubro é o mês dedicado às missões na Igreja, de descoberta dos líderes religiosos para trabalhar nas comunidades levando a Palavra de Deus. O trabalho missionário deve ser cultivado. Ele exige dedicação. O cuidado da vinha é confiado aos missionários.
Como missionários, tenhamos em conta que somos servos e não donos da vinha. Os frutos devem ser entregues ao seu verdadeiro Dono. Nunca podemos usurpar o lugar de Deus. O próprio Jesus agiu como servo e não se apegou a nada que pertencia ao Pai.
Não é tão fácil ser verdadeiro e dedicado missionário. Isso exige exercício autêntico da justiça e do direito, porque o campo trabalhado pertence a Deus. O trabalhador tem que ter a sua mente identificada com a do Mestre, sendo fiel discípulo e missionário.
O itinerário missionário passa pelo relacionamento com Deus. Acontece na confiança e na intimidade com Ele. Mas é impossível se as preocupações materiais estiverem em primeiro lugar. O desapego dos bens terrenos fortalece o trabalho missionário.
Nem sempre nos preocupamos com aquilo que é mesmo essencial, com o testemunho de vida, por exemplo, agindo com pureza, honestidade, entre outros. Só teremos frutos saudáveis de vida e de paz na sociedade se plantamos e cuidamos bem da vinha do Senhor. 
Fonte:

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Precisamos de ORAÇÕES...

Estarei ausente do blog por um tempo. Mais ausente do já tenho ficado.
Minha gravidez tem tido algumas complicações e isso tem exigido mais repouso.

Peço a todos que visitam este blog, ORAÇÕES. 
Orações por mim e pela minha pequena Heloísa Maria.
Na medida do possível, tentarei atualizar o blog e ver os comentários de todos.
Se alguém quiser me enviar um e-mail ficarei imensamente feliz. O endereço é: silvanetygmd2@hotmail.com
Um abraço de mãe a todos.
Silvanety











segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Mais que um Show...

Ontem, com a abertura da Novena de Nossa Senhora Aparecida tivemos o enorme prazer de participar de um belíssimo Show do Padre Zezinho e da Banda Ir ao Povo.

Estavam presentes mais de 15 mil pessoas, todas motivadas pela mesma alegria, pela mesma emoção de poder ouvir as belas palavras desse Padre tão abençoado, dono de uma sabedoria incrível.
Confesso que pra mim, o "estilo" do Show  me surpreendeu bastante. Foi um show muito animado e divertido.
Claro que uma belíssima palestra fez parte do show.
Entre tantas frases bonitas que ele falou ontem, eu escolhi uma que me tocou profundamente: "A MATERNIDADE SANTIFICA A MULHER!" Queira Deus que eu realmente possa ser digna dessa Santificação.
Abaixo algumas fotos do show.
Beijos
Silvanety








sábado, 1 de outubro de 2011

O desafio missionário hoje

Olá queridos Missionários da Paróquia Nossa Senhora Aparecida! Disponibilizo uma ótima reflexão de Dom Orani, para que todos nós possamos refletir um pouco mais sobre a nossa MISSÃO DE EVANGELIZAR.

Dom Orani João Tempesta, O. Cist.
Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro - RJ
O mês de outubro, como mês temático, tem duas vertentes. De um lado as Missões, que marcam as reflexões em nossas comunidades. É também o mês do Rosário, de antiga tradição, convidando-nos a uma vida de oração contemplativa. Estes dois temas se completam, pois necessitamos de uma densa vida espiritual e de orações para vivermos testemunhando Jesus Ressuscitado e anunciando-O às pessoas do nosso tempo. Somos essencialmente missionários. Fixemo-nos hoje no tema das missões.
A caminhada da Santa Igreja perpassa por várias correntes referenciais para levar aos fiéis a plena compreensão do Reino de Deus. Dentre as correntes que se adota no percurso da caminhada evangelizadora está a dimensão missionária.
Na caminhada histórica do Filho de Deus, a Igreja Católica apresenta o mês de outubro como o mês das Missões. Neste ano apresenta-se com o tema “Missão na Ecologia”, que as Pontifícias Obras Missionárias (POM) realizam como a Campanha Missionária 2011. A temática, como nos anos precedentes, está diretamente ligada ao tema da Campanha da Fraternidade, iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que este ano é “Fraternidade e a Vida no Planeta”. Sempre foi consenso que os vários temas durante o ano poderiam ser ligados ou inspirados no tema da Campanha da Fraternidade. Nesse sentido, a Semana Nacional da Vida, começando no início de outubro e culminando com o Dia do Nascituro, nos recorda que toda a nossa reflexão ecológica não teria sentido sem a preservação e o respeito à vida humana.
Somos chamados também a refletir sobre o tema do dia Mundial das Missões, que a cada ano o Papa nos sugere. Neste ano, o Papa Bento XVI colocou como tema: “Assim como o Pai me enviou, também Eu vos envio a vós” (Jo, 20,21). Notamos, de certa forma, como essa preocupação missionária está no coração e na mente do nosso Papa. Basta recordar o tema que ele escolheu para a Jornada Mundial da Juventude do Rio de Janeiro: “Ide e fazei discípulos entre todas as nações”.
A missão fundamental da Igreja é sempre de Anúncio da Palavra de Deus ecoada nos corações dos fiéis, testemunhada e vivida, que deve transparecer em toda a vida do povo de Deus. Todos nós nos tornamos seguidores e missionários a partir da Graça que de Deus recebemos através do santo Batismo, que nos impregna a ação do Espírito Santo. A partir do conhecimento da Graça de Deus, adotada no coração daqueles e daquelas que buscam a solidez da revelação divina em suas vidas, percebe-se a necessidade da missão. Também é missão da Igreja denunciar tudo que é contrário à Palavra de Deus, como por exemplo, as injustiças provocadas à luz de interesses particulares que desnorteiam a caminhada cristã. Dentro do contexto proposto para o mês das Missões no Brasil deste ano, a Igreja ressalta a ingente preocupação com a preservação do meio ambiente e conscientização ecológica.
Ser missionário é antes de tudo um grande compromisso que o cristão adota em prol da realização do Reino de Deus, onde as criaturas por Ele criadas devem proclamar e dar testemunho da própria fé, levando ao conhecimento de todas as pessoas a Palavra de vida que cura, liberta e salva. Ser missionário é, em primeiro lugar, o ato de assumir a fé por inteiro, numa dinâmica viva de acolhimento à própria vocação.
Nestes tempos de tantas dificuldades para a missão da Igreja, que sofre perseguições diversas pelo mundo, não é fácil “fazer discípulos”, não é simples estar presente na sociedade em que uma minoria preferiria que “se esquecesse de Deus”. Ao discernirmos os “sinais dos tempos”, sentimos como é necessário uma “nova evangelização” e a coragem de proclamar em quem nós cremos, e como são importantes para a sociedade os valores proclamados pelos missionários.
Quando se ouve falar de missão ou em ser missionário, muitas vezes pensamos que para atuar como missionários precisamos ingressar em uma Ordem Religiosa e professarmos os votos para sermos enviados a uma terra distante e trabalharmos na evangelização dos irmãos. Há de se falar que de fato existe este tipo de trabalho missionário na vida da Igreja, principalmente de nossos irmãos que dão a sua vida no anúncio e no testemunho do Evangelho em lugares que Ele ainda não foi anunciado. Mas, em primeiro momento, a missão está de modo nato presente em todos nós batizados e devemos agir como verdadeiros missionários no ambiente em que vivemos, a começar pela nossa própria família e comunidade onde exercemos o nosso apostolado. Ser missionário faz parte do nosso ser cristão.
Como já falado acima, o mês de outubro é dedicado pela Igreja como sendo o mês das Missões. Nesta oportunidade se fala muito sobre o trabalho missionário e a sua devida importância como forma de fortalecimento na fé e na caminhada. Não é um mês exclusivo de se fazer missões, mas é um momento de reforçar o trabalho e rezar e ajudar em prol do bom êxito do trabalho dos missionários que estão em missão em terras realmente distantes do país ou cidades de origens, e é, também, oportunidade de fazer com que a nossa missão diária possa surtir os efeitos necessários no coração de todos os fiéis, para que caminhem buscando sempre a proximidade com Deus, que é o Criador de tudo e de todos.
O Catecismo da Igreja Católica nos exorta: “Tornados filhos de Deus pela regeneração batismal, os batizados são obrigados a professar diante dos homens a fé que pela Igreja receberam de Deus e a participar da atividade apostólica e missionária do povo de Deus” (cf. no. 1270).
A missão de todos nós consiste no fato de que temos que abraçar toda a proposta de Deus feita a nós desde o momento pelo qual, movido Ele por um amor incondicional, nos deu a vida. Podemos viver a nossa missionariedade em terras distantes ou em nosso próprio habitat, aqui no dia-a-dia de nossa Arquidiocese, aonde muitos ainda precisam conhecer Jesus ou redescobri-Lo, sendo que este último deve sempre ser o motivador maior do nosso ardor missionário – de sair de nossas casas e ir ao encontro do irmão para levar a Boa Nova da Salvação.
Nestes últimos meses, e também neste outubro missionário, tantas iniciativas missionárias perpassam as atividades de regiões, foranias e vicariatos de nossa Arquidiocese. Isso tudo realizado pelas paróquias como também por grupos, comunidades e consagrados. Santa Terezinha do Menino Jesus nunca saiu do Carmelo, no entanto foi uma grande missionária, movida pelas suas contínuas orações, seu espírito missionário que trazia como inquietação em seu coração e profundo amor a Deus.
Seja também você um missionário de Jesus Cristo, particularmente neste tempo da Jornada Mundial da Juventude do Rio de Janeiro (agora com site oficial no ar, o concurso para a logomarca lançado e já inaugurada a sede do comitê organizador) e enquanto estamos unidos aos jovens que anunciam Cristo Jesus pelo nosso país, levando consigo o ícone de Nossa Senhora e a Cruz do Redentor!